Translate this Page

Rating: 2.6/5 (670 votos)

ONLINE
3





Partilhe esta Página


I - BOAS VINDAS
I - BOAS VINDAS

Prezados amigos e queridas amigas,

 

 

Nos últimos quatro anos, trabalhamos no Mês da Bíblia os temas na perspectiva do discipulado missionário, seguindo o projeto de evangelização “o Brasil na missão continental”. Nos próximos anos, até 2019, enfocaremos “a vida para todos os povos na perspectiva da pessoa de Jesus Cristo”, aspecto importante contemplado no Documento de Aparecida.https://img.comunidades.net/lei/leituraorante/13619979_1783829121850690_4649996744439566062_n.jpg

 

Dentro dessa proposta, Miqueias é o livro indicado para o Mês Bíblico de 2016 dando especial atenção a Vida em Família.

 

Em 2017, o livro indicado será a 1ª Carta aos Tessalonicenses dando atenção especial a Vida em Comunidade.  

 

Em 2018, o livro indicado será o Livro da Sabedoria com atenção a Vida em Sociedade.

 

Em 2019 o livro indicado será 1ª Carta de João e Vida em Deus.

 

Os temas foram escolhidos pela Comissão Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com a colaboração das instituições bíblicas entre elas, o Centro Bíblico Verbo, do qual faço parte como assessor.

 

A palavra profeta provém do grego profétes e se refere a alguém que tem de anunciar, denunciar, exortar, comunicar, tornar conhecida publicamente alguma notícia ou situação sobre a realidade humana, seja ela do passado, seja do presente com perspectiva de futuro. Não no sentido comum de predizer o futuro, e sim como um ministro e artista da palavra a serviço do mandato divino. O profeta, por vocação, é o homem da palavra. Ele é um comunicador eloquente.

 

Na Bíblia o profeta é um porta--voz a quem Deus confia uma mensagem, lhe autoriza a comunicação e garante sua veracidade. No entanto, não se trata de mero repetidor. Os profetas precisavam se empenhar para elaborar os oráculos com o suor da fronte, assim como faz todo artesão quando lapida a madeira para elaborar a obra de arte. Aos profetas é imprescindível o domínio da língua, daí a mensagem profética ser permeada de poesia. Deste modo, os profetas são também poetas.

 

Não há dúvidas de que, na história da humanidade, houve poucas linguagens tão fecundas quanto a linguagem dos profetas bíblicos. Veja-se, por exemplo, a força transformadora da expressão do profeta Miqueias, denunciando os poderosos de seu tempo que oprimiam os indefesos: “Vocês são gente que devora a carne do meu povo e arranca suas peles; quebra seus ossos e os faz em pedaços, como um cozido no caldeirão” (Mq 3,3). O profeta não tem medo de dizer a verdade, mas a sabe dizer com palavras acertadas.

 

Nesse contexto, Miqueias, o profeta a ser estudado este ano, partilhando da mesma sorte de seu povo, é corajoso e ousado ao proclamar o castigo de Javé para as autoridades civis e religiosas de Jerusalém, e até mesmo a destruição da Cidade Santa.

 

Por fim, queremos, neste estudo, refletir e rezar as palavras de Miqueias e, sobretudo, deixar-nos conduzir pelo “Espírito de Javé, do direito e da fortaleza”, para denunciar as realidades de injustiças que vivemos hoje. Propomos, o estudo e a oração de algumas palavras-chave do livro de Miqueias e dos autores que colocaram seus escritos sob o patrocínio desse profeta. Que esta palavra possa fazer o nosso coração arder a ponto de nos levar ao compromisso com a construção do Reino de Deus.

 

Eis a nossa proposta:

 

1ª Aula: Conhecendo o Profeta Miqueias e pisando no seu chão.

 

2ª Aula: A partir do lema injustiça e corrupção social atingem a vida do povo (3,9-12), queremos pisar no chão da vida sofrida do povo do tempo de Miqueias, especialmente a realidade da população camponesa continuamente esmagada pelos grupos dirigentes. Miqueias denuncia chefes, magistrados, profetas e sacerdotes.

 

3ª Aula:  “Terra, casa e família” são elementos essenciais para a sobrevivência da população camponesa (2,1-3.6-11). Os poderosos planejam e executam seu plano de expropriação de terras contra camponesas (es). Essa reflexão quer nos ajudar a percorrer a mesma trilha dos profetas que denunciaram a exploração e a opressão do povo. Deus não se faz presente na realidade de injustiça.

 

4ª Aula: “O falso profeta desinforma e manipula as pessoas” (3,5-8). No Antigo Israel havia profetas que eram funcionários dos grupos dirigentes e, em nome de Deus, defendiam o projeto de opressão do Estado. Com este encontro, queremos reconhecer quem são os profetas de hoje que, mesmo correndo risco de morte, defendem condições de vida digna e são capazes de erguer suas vozes contra as realidades de morte.

 

5ª Aula:"Caminhar com Deus” (6,1-8). Somos chamadas e chamados a viver o direito e a misericórdia. Deus quer que vivamos uma religião que não se baseia unicamente em práticas legalistas, mas em uma vivência que nos impulsione para o compromisso com a transformação social. Um convite para vivermos a solidariedade com todas as pessoas.

 

6ª Aula: “A esperança anima a caminhada do povo!” (4,1-5). É a esperança que nos ajuda a acreditar na concretização do Reino de Deus, que se tornará realidade com a solidariedade de todas as pessoas que acreditam no projeto de Deus. E um convite que nos é lançado!

 

É só clicar no link e você será direcionado/a para a página da aula do dia. 

 

 1ª Aula: https://leituraorante.comunidades.net/1-aula-introducao

 

 2ª Aula:  https://leituraorante.comunidades.net/2-aula-injustica-e-corrupcao

 

3ª Aula: https://leituraorante.comunidades.net/3-aula-estara-disponivel-dia-16-08

 

4ª Aula: https://leituraorante.comunidades.net/4-aula-estara-disponivel-dia-23-08

 

5º Aula: https://leituraorante.comunidades.net/5-aula-estara-disponivel-dia-30-08

 

6º Aula: https://leituraorante.comunidades.net/6-aula-estara-disponivel-dia-06-09

 

 

Faça Download

grátis dos roteiros para encontros e círculos bíblicos do livro de  Miqueias, para você fazer na sua comunidade, acessando o link abaixo. 

https://www.paulus.com.br/portal/biblia-gente?utm_source=pushNotification&utm_medium=notification&utm_term=bibliagente&utm_campaign=bibliagente